Qualquer pessoa pode fazer a cirurgia bariátrica?


A cirurgia bariátrica se popularizou muito no Brasil nos últimos anos. Especialistas acreditam que esta tendência acompanhe o crescimento no número de pessoas que passaram a ocupar a faixa da obesidade.

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM) apresentou recentemente um levantamento mostrando que quase 20% da população é obesa. Mas você sabe o que significa ser considerado um obeso?

A obesidade é um problema que decorre principalmente da associação entre hábitos alimentares desequilibrados e vida sedentária.

Uma pessoa é considerada obesa quando apresenta índice de massa corporal (IMC) acima de 30 kg/m². Para se ter uma ideia, uma pessoa considerada com peso normal tem entre 18,5 e 25 kg/ m². 

A cirurgia bariátrica é vista, hoje em dia, não só como uma alternativa no tratamento da obesidade, mas também no de doenças que estão associadas ao excesso de peso, como a diabetes tipo 2 e hipertensão.

No artigo de hoje, você vai entender um pouco mais sobre este tipo de procedimento, assim como quem pode realizá-lo. Não deixe de acompanhar!


Como é e quais os tipos de cirurgia bariátrica?

A cirurgia bariátrica, ou gastroplastia, é um procedimento onde é realizada a redução do estômago do paciente com o objetivo de diminuir a ingestão de alimentos e, consequentemente, contribuir para a uma grande perda de peso.

Atualmente, o Conselho Federal de Medicina considera quatro tipos de cirurgias bariátricas. São elas: o ByPass Gástrico, que diminui 10% o tamanho estômago; a Gastrectomia Vertical, que reduz 70 a 80%  da capacidade estomacal; a Derivação Biliopancreática, um tipo de bariátrica que associa a Gastrectomia Vertical com um desvio intestinal; e a Banda Gástrica Ajustável, um método reversível onde injeta-se um balão de silicone no estômago para restringir a ingestão de alimentos.

A orientação por um tipo específico de bariátrica é indicada a partir da avaliação do quadro de obesidade do paciente. 


Quem pode realizar este tipo de procedimento?

A cirurgia bariátrica tem indicação absoluta para pessoas com IMC acima de 40 kg/m² que não obtiveram sucesso no emagrecimento com dieta e exercícios físicos. Também pode ser feita em pacientes na faixa  de  IMC entre 35 – 39,9 kg/m2  que apresentam quadros de doença associada à obesidade, como diabetes, hipertensão , doenças cardiovasculares , entre outras.

O procedimento também pode ser feito em adolescentes a partir de 16 anos que apresentem quadro grave de obesidade , e acompanhados pelos pais e de um pediatra para verificar o fechamento das epífises ( ossos do punho). 

A cirurgia bariátrica não deve ser considerada como primeira opção para o tratamento do excesso de peso. Ela deve ser orientada apenas quando outros métodos de emagrecimento não apresentarem resultados satisfatórios.

O paciente que se submete a este tipo de cirurgia deve obrigatoriamente contar com apoio de uma equipe multidisciplinar de profissionais da área médica. São eles: o cirurgião, o cardiologista, o psiquiatra,o endocrinologista ,  o psicólogo e o nutricionista.

Importante ressaltar que ela é contraindicada em casos de pessoas com IMC entre 25,1 e 29,9 kg/m² sem presença de doenças relacionadas ao sobrepeso, pacientes que não tem apoio familiar adequado e aqueles que apresentam quadros psiquiátricos  graves e que envolvam consumo de álcool e drogas.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto.

© 2019 - Todos os direitos reservados

CRM - SP 138204