Pedra na vesícula: diagnóstico e tratamento


Apenas quem já sofreu com as famosas dores que a pedra na vesícula proporciona sabe o quanto este mal pode ser angustiante. A cólica biliar, como é cientificamente chamada, é uma dor bastante intensa do lado direito do abdômen, a qual pode levar a pessoa até mesmo a acabar vomitando devido à intensidade com que se manifesta.

A cólica biliar é um dos sintomas mais comuns da pedra na vesícula e costuma aparecer cerca de 30 minutos a 1 hora após o consumo de alimentos, já que é nesse momento que a vesícula é estimulada a liberar a bile e a ajudar na digestão dos alimentos.

Se você deseja saber um pouco mais sobre o diagnóstico e o tratamento para esse problema, continue acompanhando este post. Boa leitura!


Afinal de contas, o que é a pedra na vesícula?

Conhecida no meio científico como cálculo biliar, essa condição se dá em virtude do acúmulo de colesterol e cálcio na vesícula biliar. Esse acúmulo é decorrente de alguns fatores, tais como má alimentação, diabetes, obesidade, dentre outros.

Geralmente, essas pedras não provocam nenhuma dor. O que acontece é que, quando são muito grandes, elas podem acabar entupindo os canais biliares e gerando inflamações. É nesses casos que ocorrem as cólicas biliares, que podem durar até 5 horas seguidas.


Diagnóstico de pedra na vesícula

Como a pedra nesse órgão acaba gerando sinais bastante parecidos com outras condições, é importante estar alerta ao seu corpo e procurar um médico caso algum dos sintomas abaixo dure mais de 1 hora. Confira os sintomas:

  1. febre que ultrapassa os 38°;

  2. dor intensa no lado direito do abdômen, principalmente após refeições;

  3. vômitos e enjoos;

  4. dores nas costas;

  5. perda de apetite;

  6. gases e diarreia;

  7. olhos e pele amarelados.

Tratamento de pedra na vesícula

Como já citado anteriormente, as cólicas causadas quando as pedras entopem os canais biliares são muito dolorosas, o que faz com que as pessoas atingidas busquem alívio imediato para a dor.

O médico responsável por administrar o tratamento para o quadro em análise é o gastroenterologista, e o tratamento irá depender do diagnóstico feito por ele. É bastante comum a prescrição de alguns medicamentos que ajudam para que as pedras sejam dissolvidas e, assim, eliminadas através das fezes.

Além disso, tratamentos com ondas de choque ou até mesmo laser também são bastante comuns para a situação de pedra na vesícula. No entanto, em casos em que o paciente apresenta crises recorrentes ou sintomas intensos, é possível que o médico opte pela realização de uma cirurgia para retirar a vesícula biliar e, com isso, impedir que novas crises aconteçam.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder os seus comentários sobre esse assunto.

© 2019 - Todos os direitos reservados

CRM - SP 138204