Gastrite: tipos e fatores de risco


Gastrite é um termo geral para um grupo de condições que têm uma coisa em comum: a inflamação do revestimento do estômago. Tal inflamação é resultado de infecção provocada pela mesma bactéria responsável pelas úlceras estomacais. O uso regular de certos analgésicos, além do consumo excessivo de álcool também podem contribuir para a gastrite.

Este distúrbio pode ocorrer subitamente (gastrite aguda) ou se desenvolver lentamente (gastrite crônica). Em alguns casos, a gastrite pode causar úlceras e maior risco de desenvolvimento do câncer de estômago. Para a maioria das pessoas, o distúrbio não é grave e melhora rapidamente com o tratamento.


Principais tipos de gastrite

A gastrite acontece após o enfraquecimento da mucosa que protege o estômago. Sucos digestivos podem danificar e inflamar as paredes do estômago.

Existem dois tipos principais do distúrbio.


Gastrite erosiva

Esta forma é grave e envolve tanto a inflamação, quanto o desgaste gradual do revestimento do estômago. Um exemplo é a gastrite aguda por estresse, que acompanha mudanças devido a doenças graves. A gastrite erosiva tem início rápido.


Gastrite não-erosiva

A forma não-erosiva envolve alterações no revestimento do estômago


Gastrite infecciosa não causada por Helicobacter pylori (H. pylori)

Vírus ou fungos podem causar a gastrite em pessoas com baixa imunidade ou com doenças de longa duração.


Gastrite por radiação

A exposição da região abdominal à radiação pode irritar o revestimento do estômago e causar a inflamação.


Gastrite eosinofílica

Esta forma de gastrite pode ocorrer devido a uma reação alérgica. A causa da alergia não é conhecida.


Doença de Ménétrier

Este distúrbio é raro e envolve o desenvolvimento de dobras espessas e cistos na parede do estômago.


Fatores de risco para a gastrite

Fatores que aumentam o risco da gastrite incluem:


Infecção bacteriana

Embora a infecção por Helicobacter pylori esteja entre as infecções humanas mais comuns em todo o mundo, apenas algumas pessoas desenvolvem gastrite ou outras desordens gastrointestinais altas. Os médicos acreditam que a vulnerabilidade à bactéria pode ser herdada ou ser causada por escolhas de estilo de vida, como tabagismo e dieta.


Uso regular de analgésicos

Analgésicos comuns – como aspirina, ibuprofeno e naproxeno – podem causar gastrite aguda ou crônica. O uso regular desses medicamentos pode reduzir uma substância essencial, que ajuda a preservar o revestimento protetor do estômago.


Idade

Idosos têm risco aumentado de gastrite, já que o revestimento do estômago tende a diminuir com a idade. Além disso, com o avanço do tempo existe maior predisposição para a infecção por H. pylori ou distúrbios autoimunes.


Uso excessivo de álcool

O álcool pode irritar e corroer o revestimento do estômago, o que o torna mais vulnerável aos sucos digestivos. O uso excessivo de álcool está relacionado à gastrite aguda.


Estresse

O estresse severo devido a grandes cirurgias, ferimentos, queimaduras ou infecções graves pode causar gastrite aguda.


Seu próprio corpo atacando as células do seu estômago

Chamado de gastrite autoimune, este tipo ocorre quando o corpo ataca as células que compõem o revestimento do estômago. Essa reação pode desgastar a barreira protetora do órgão.

Por fim, saiba que a gastrite pode estar associada a outras condições médicas, incluindo HIV/AIDS, doença de Crohn e infecções parasitárias. Somente um médico poderá avaliar o quadro e dar o diagnóstico preciso.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto.


© 2019 - Todos os direitos reservados

CRM - SP 138204