Conheça os principais tipos de câncer de estômago


Caracterizado pelo desenvolvimento de células anormais no órgão, o câncer de estômago é o terceiro tipo de tumor que acomete o sexo masculino e o quinto mais recorrente em mulheres.

Podendo se desenvolver em qualquer área da extensão do estômago, o câncer gástrico – como também é chamado – é classificado em alguns tipos, sendo os mais conhecidos o adenocarcinoma, o linfoma e o leiomiossarcoma.


Para conhecer os principais tipos de câncer de estômago e suas características, continue fazendo a leitura deste artigo


1. Adenocarcinoma

Representando aproximadamente 95% dos casos de câncer gástrico, trata-se de um tumor maligno que se origina nas células do estômago. O adenocarcinoma também pode de manifestar nos pulmões, no intestino, no pâncreas, nas mamas, no útero e na próstata.

No estômago, ele é mais comum em indivíduos com a faixa etária acima dos 50 anos. Entre os principais sintomas estão a dificuldade para deglutir, dor na região abdominal, vômito e perda de peso.


2. Linfoma

O linfoma é o segundo tipo de câncer gástrico que mais faz vítimas. Entretanto, seu número é bem inferior comparado ao adenocarcinoma, correspondendo apenas entre 3% a 4% dos casos.

A doença afeta os linfócitos, células de defesa do organismo. Além do estômago, pode se manifestar no pescoço, no intestino, nas axilas e pele. No estômago, este câncer é encontrado em nas paredes.

Entre seus principais sintomas estão dor na região, surgimento de caroço, febre e perda de peso.


3. Leiomiossarcoma

Equivalente a apenas 2% dos diagnósticos, o leiomiossarcoma é um tumor raro, que se origina de alguma musculatura lisa. Apesar de baixa incidência, pode afetar não só o estômago, como também o útero e até mesmo os vasos sanguíneos.

Quando surge, o tumor se torna uma massa palpável e visível, podendo alcançar até 7 cm. Ela é indolor, mas pode causar náuseas e perda de peso.


4. GIST: Tumor Estromal Gastrointestinal

Assim como o leiomiossarcoma, o tumor gastrointestinal é raro e se manifesta nas células da parede do estômago. Embora seja um dos tipos de câncer gástrico, o GIST também pode ser encontrado em qualquer outra região do aparelho digestivo.

Esses tumores podem não apresentar sintomas, a não ser quando seu crescimento ocorre de forma mais acelerada. Nesses casos, o indivíduo pode apresentar dor e inchaço abdominal, náuseas, dificuldade para engolir, perda do apetite e perda de peso.

Uma característica desses tumores é que eles podem ser benignos e malignos.


5. Tumor Carcinoide

Equivalente a aproximadamente 3% dos casos de câncer gástrico, o tumor carcinoide se origina nas células do estômago responsáveis pela produção de hormônios. Seu crescimento é lento e boa parte não espalha para os demais órgãos. Entre seus sintomas estão dor abdominal, inchaço dos vasos sanguíneos e perda de peso.


Prevenção e tratamento do câncer de estômago

A melhor maneira de prevenir o câncer gástrico é manter alimentação saudável. O consumo em excesso de determinados tipos de alimentos podem contribuir para o desenvolvimento da doença.

Produtos enlatados, defumados, ricos em corante e mal conservados devem ser evitados. Além disso, é importante inserir na dieta alimentos ricos em vitaminas A e C, peixes, carnes, frutas e verduras.

Em relação ao tratamento, o primeiro passo é buscar auxílio médico. O profissional realizará uma série de exames, de acordo com os sintomas descritos e outras análises.

O tipo de tratamento variará com a evolução da doença, mas, entre os procedimentos mais efetivos, estão a cirurgia do estômago e sessões de quimio e radioterapia. As chances de cura também dependerão do avanço do câncer de estômago, por isso deve-se consultar o médico o quanto antes, para que o diagnóstico seja feito e o tratamento iniciado.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto.

© 2019 - Todos os direitos reservados

CRM - SP 138204